Euribor a 3 meses escorrega para novo minimo histórico

1 Abril 2010



A Euribor a três meses, usada sobretudo para calcular o custo de financiamento das empresas, foi a única a cair, para 0,634%, um novo mínimo de sempre.


Já a Euribor a seis meses, a mais utilizada no crédito à habitação em Portugal, ficou estável nos 0,944%, depois de dois dias de quedas. Quem tem o crédito à habitação indexado a este prazo e se prepara para rever a prestação no mês de Abril vai ver o encargo descer seis euros face à última revisão.

O prazo a 12 meses aumentou, por seu turno, para 1,212%. É a primeira subida em três dias.

Os futuros da Euribor, os especialistas e até mesmo o Governo - no Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC) - prevêem uma subida das taxas já a partir do Verão.

Fonte: Económico

 






Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close