Bancos antecipam aumento das exigências na aprovação de empréstimos para compra de casa

19 Fevereiro 2010



Os resultados do Inquérito aos Bancos sobre o Mercado de Crédito, realizado em Janeiro, apontam para um aumento, ainda que ligeiro, da exigência dos critérios de aprovação de empréstimos para aquisição de habitação, e para a manutenção


Para o primeiro trimestre de 2010, lê-se no mesmo documento, «os bancos inquiridos perspectivam, em média, manter globalmente inalterados os critérios de concessão de empréstimos a empresas».

As instituições inquiridas neste estudo antecipam ainda, para o mesmo período, «um ligeiro aumento da procura de empréstimos por parte de empresas- excepto no que respeita aos empréstimos a longo prazo-  bem como da procura de empréstimos por parte dos particulares».

Ainda de acordo com os resultados do inquérito, «os critérios de concessão de empréstimos a sociedades não financeiras terão permanecido praticamente inalterados no quarto trimestre de 2009, face ao trimestre anterior».

Quanto aos particulares, verificou-se por seu turno um aumento da restritividade nos critérios de concessão de empréstimos. À semelhança do reportado nos inquéritos anteriores, na origem deste aumento está «a deterioração dos riscos apercebidos por parte dos bancos e, em menor grau, o aumento dos custos de capital e das restrições de balanço dos mesmos.»

Esta alteração de critérios «ter-se-á traduzido num aumento dos spreads aplicados, especialmente nos empréstimos de maior risco, bem como no aumento da exigência das outras condições contratuais.»

Fonte: Casa Sapo






Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close