Serviços do Estado vão começar a pagar rendas pelos imóveis ocupados

19 Setembro 2008



Com vista a racionalizar a ocupação de imóveis, o Executivo de José Sócrates está a preparar uma reforma na gestão do património imobiliário do Estado.


Uma das principais medidas a tomar prevê que os serviços do Estado comecem a pagar renda pelos imóveis que ocupam, numa tentativa do Governo de diminuir o espaço ocupado e os gastos com os imóveis. Embora esta mudança deva a ter impactos já no próximo ano, os efeitos mais globais deverão ser sentidos apenas em 2010.
A informação foi avançada pelo Diário Económico, que lembra que a intenção de reestruturar o modelo de gestão dos imóveis públicos já tinha sido anunciada pelo Executivo e deverá ser aprovada numa das próximas reuniões do Conselho de Ministros. Visando aumentar a eficiência na utilização dos bens imóveis, o Programa de Gestão do Património do Estado prevê várias medidas, e durará entre 2009 e 2012. Com este programa pretende-se o estabelecimento de indicadores relativos à ocupação e aos custos de utilização, a planificação global das necessidades dos serviços e ainda a calendarização das vendas e dos arrendamentos de imóveis.

Fonte: Vida Imobiliária




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close