«Yields» de escritórios crescem para 5,05% no 2º trimestre

12 Agosto 2008



Em Barcelona, Madrid e Lisboa aumentaram 50 pontos base A média ponderada das prime yields de escritórios na Europa cresceu cerca de 20 pontos base (pb) no segundo trimestre de 2008 para os 5,05%, revela o novo relatório da Jones L


Este valor indicia um crescimento de 75 pb face a igual trimestre do ano anterior, período em que as prime yields atingiram o seu mínimo na Europa no actual ciclo de mercado. Dos cerca de 30 mercados monitorizados pela Jones Lang LaSalle neste documento, durante o segundo trimestre do ano, 24 registaram subida das prime yields e os restantes seis uma estabilização. Neste trimestre, Lisboa cresceu 50 pb para os 6,5%, posicionando-se entre os quatro mercados com prime yields mais elevadas. No segundo trimestre de 2008, o movimento positivo mais expressivo (de 75 pb) registou-se em Oslo, onde as yields atingiram os 5,75%. Em Barcelona (5,25%), Madrid (5,25%) e Lisboa (6,5%), as yields cresceram 50 pb no trimestre. Em contraste, as yields permaneceram estáveis na maioria dos mercados da Europa Central e de Leste, incluindo Budapeste, Moscovo, Praga e Varsóvia, bem como nos mercados de Berlim e do West End londrino.

Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close