Prestação da casa sobe em Julho

4 Agosto 2008



As despesas com o crédito à habitação teimam em pesar nos bolsos dos portugueses. «As taxas Euribor continuam a sua escalada histórica e, no mês de Julho, voltaram a registar o valor mais alto de sempre em todos os prazos.


As taxas Euribor a seis meses ? as mais utilizadas nos créditos à habitação mais antigos em Portugal ? fecharam o mês de Junho nos 5,156%, fixando a média do mês nos 5,148%. Uma subida face à média de 5,088% de Junho e uma progressão vincada face aos 4,326% de Fevereiro. O que significa que, nos contratos com base em revisões semestrais, as prestações vão voltar a subir, revela o diário.

 

Fonte: Diário de Notícias




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close