Estado perde milhões com arrendamento jovem

28 Julho 2008



Os mais de 11 mil casos de irregularidades detectados no antigo Incentivo ao Arrendamento Jovem (IAJ) lesaram o Estado num montante estimado entre dois e 22 milhões de euros, segundo dados do Instituto de Habitação e Reabilitação Urban


De acordo com a agência «Lusa», o presidente do IHRU, Nuno Vasconcelos, afirmou que as verbas envolvidas variam «entre os 200 e os 2 mil euros» por caso. «Alguns jovens vieram pagar de livre iniciativa. Os montantes de cada caso podem individualmente não ser muito significativos, mas é uma questão de princípio», afirmou o responsável, explicando que todos os casos «estão encaminhados» e que os processos ainda por resolver estão «em execução fiscal». O IAJ, substituído o ano passado pelo programa Porta65, foi alvo de várias críticas do Tribunal de Contas, que num relatório elaborado em Novembro de 2007 apontou a falta de fiscalização dos critérios para atribuição de subsídios aos jovens.

Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close