Custo da habitação no valor mais alto desde 2000

19 Junho 2008



Prestações estão 30% mais caras. Quem pedir crédito para comprar casa será confrontado com uma taxa de juro superior a 6%.


Os portugueses que hoje se dirigirem ao banco para pedir um empréstimo à habitação já estão a ser confrontados com taxas de juro efectivas globais (TAEG) superiores a 6%, diz o jornal «Diário Económico».
É o valor mais elevado em quase oito anos, que incluem todos os custos cobrados aos clientes dos bancos: comissões, encargos e o ganho bancário associado à concessão de crédito.
A realidade é que a taxa do Banco Central Europeu (BCE) continua ainda em 4%, mas no início do próximo mês deve avançar para 4,25% para combater a inflação, agravando mais a pressão sobre os orçamentos das famílias portuguesas.

Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close