Fundos de Investimento Imobiliário apresentam retorno de 9.760,3 milhões de euros em Abril

26 Maio 2008



De acordo com os mais recentes dados divulgados pela Comissão de Mercados de Valores Mobiliários (CMVM), em Abril de 2008, os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) apresentaram um valor sob gestão de 9.760,3 milhões de euros, menos


Os Fundos Especiais de Investimento Imobiliário (FEII), por sua vez, apresentaram, no mesmo período, um crescimento de 2,2%, correspondendo a um valor sob gestão de 881,3 milhões de euros. Os fundos fechados corresponderam a 57,8% do total gerido pelo sector.
O número de fundos em actividade foi de 216, dos quais 201 eram fechados. Foram constituídos três novos fundos: dois fundos de investimentos imobiliário fechados ambos sob gestão da Fund Box, o Atlântida e o Lusitânia, e um fundo especial de investimento imobiliário florestal fechado, o Primeiro Fundo Floresta Atlântica, sob gestão da Floresta Atlântica, sociedade que iniciou este mês a gestão de fundos. Em Abril deste ano, o valor dos bens imóveis localizados em Estados da União Europeia era de 11.629 milhões de euros, que traduz um crescimento de 0,8% relativamente ao mês de Março. O investimento em bens imóveis localizados fora da União Europeia manteve um carácter residual. No final do mês de Abril, a Fundimo detinha a maior quota de mercado (12,8%), seguida pela ESAF (11,8%) e pela BPN Imofundos (10,6%). Estas três sociedades geriam 35,1% do património imobiliário detido por fundos, a que correspondia um menor grau de concentração relativamente ao verificado no mês anterior. O valor administrado pelos 10 maiores fundos representava, no mês de Abril, 42,9% do valor total gerido pelo sector.

Fonte: Casa Sapo




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close