Arrendamento: «Porta 65» entra na 2ª fase com novas regras

24 Abril 2008



A segunda fase de candidaturas ao programa de apoio ao arrendamento jovem «Porta 65» já arrancou, depois de um primeiro período atribulado e que acabou com o Governo a alterar algumas regras.


Para esta segunda fase de candidaturas, que durará um mês, o Governo tem 15 milhões de euros de investimento previstos, 7,5 vezes mais que o valor atribuído na primeira fase, com dois milhões de euros distribuídos pelas 1.544 candidaturas aprovadas. Durante a primeira fase, que decorreu entre 03 de Dezembro e 03 de Janeiro, várias movimentos cívicos e todos os partidos da oposição criticaram o «Porta 65», que substituiu o anterior Incentivo ao Arrendamento Jovem (IAJ).
A maior parte das críticas acabaram por dar resultados práticos, com o Governo a alterar os limites máximos das rendas admitidas, a taxa de esforço (peso da renda no rendimento mensal) e a permitir que à segunda fase do «Porta 65» pudessem candidatar-se os anteriores beneficiários do IAJ, à excepção dos que têm dívidas ao Instituto de Habitação.

Fonte: Vida Imobiliária




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close