Taxas de juro batem novo máximo acima dos 4,8%

22 Abril 2008



Todos os prazos estão a subir. As taxas Euribor continuam a sua senda de subida. Todos os prazos registaram aumentos esta segunda-feira, para mais de 4,8%, um novo máximo do ano.


A Euribor a seis meses, a mais usada em Portugal como indexante dos contratos de crédito à habitação, aumentou para 4,817%, a sétima subida consecutiva. Também a taxa a três meses subiu para 4,805% e a Euribor a 12 meses atingiu os 4,825%.
É a primeira vez que a barreira dos 4,8% é ultrapassada. O aumento das taxas comerciais reflecte a crise do mercado financeiro, com as instituições a tornarem o crédito mais caro para evitarem o risco, depois do colapso do subprime.
As taxas comerciais estão cada vez mais altas face à taxa de referência do Banco Central Europeu (BCE), que se situa nos 4% desde Junho de 2006.
O pior é que, mais do que reflectir os elevados encargos cobrados pelos bancos nos empréstimos entre si, esta subida deverá representar também uma má notícia para os milhares de famílias que têm créditos à habitação, e que deverão ver as suas despesas com as prestações mensais aumentarem também.

Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close