Atribuição de PIN + a projectos imobiliários melhora oferta.

16 Abril 2008



Portugal está à frente de Espanha em termos de qualidade. A atribuição de PIN + aos projectos imobiliários no mercado nacional vem contribuir para estimular e melhorar a oferta neste mercado, revela o director da Prime Yiel, Nelson


«Para receber esta atribuição, os projectos além da contribuição em termos de investimento e postos de trabalho, têm de respeitar determinados requisitos ambientais», salienta o mesmo, durante a apresentação do relatório. Aliás, segundo Nelson Rêgo a nossa oferta distingue-se do mercado espanhol, em que este último é caracterizado por um caos urbanístico. O território português distingue-se por ter regras de planeamento cada vez mais exigentes. «Espanha está agora a pagar a factura, em Portugal há um equilíbrio entre oferta e procura e os empreendimentos que estão a ser lançados têm muito maior qualidade do que os da vizinha espanha», salienta. Ao mesmo tempo, a oferta portuguesa é valorizada pela localização geográfica considerada por este de «estratégica». «Por exemplo, para ir para o Brasil é preciso ir de férias algum tempo, o que não acontece cá. Há muitos clientes alemães e ingleses que vêm para Portugal passar apenas o fim-de-semana», salienta.
O estudo elaborado pelo IRG e Prime Yield teve em conta a análise de 10 empreendimentos residenciais, 13 empreendimentos condomínio e 4.200 unidades tratadas em 2007 e primeiros meses de 2008. Esta amostra, de acordo com os promotores, representa mais 600 unidades em relação a 2006.
Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close