Áreas dos espaços comerciais em Portugal poderão atingir valores recordes em 2008

6 Março 2008



O mercado de retalho em Portugal continua dinâmico, e 2008 não será diferente uma vez que é previsível que a Área Bruta Locável poderá alcançar níveis recordes, com especial relevo para os centros comerciais, de acordo com o Portugal M


``O stock total de espaços comerciais de todos os formatos, em Portugal, situa-se nos 2,9 milhões de metros quadrados, sendo expectável que no final de 2008 ultrapasse a barreira dos 3 milhões m2``, explica o mesmo estudo.
Este ano, face aos conjuntos comerciais anunciados a Área Bruta Locável atingirá os 360 mil metros quadrados, sendo que 280 mil metros quadrados são de projectos novos.
No ano passado, a Área Bruta Locável de conjuntos comerciais alcançou os 2,9 milhões de m2, representando um aumento de 16% face ao período homólogo, com especial relevo para o desempenho da zona centro.
``Para os próximos anos não é provável que se continue a assistir ao crescimento massivo da oferta, ao contrário do que tem acontecido nesta ultima década``, diz a mesma fonte.
A C&W prevê que este mercado seja assinalado pela renovação de alguns dos seus espaços comerciais, como os centros comerciais, uma vez que cerca de 40% têm mais de 10 anos.
No segmento dos retail parks a ABL já ultrapassou os 300 mil metros quadrados, tendo se registado um abrandamento. Em 2008 prevê-se o desenvolvimento de cinco novos projectos que irão perfazer 70 mil metros quadrados.
Em termos de valores de mercado, as rendas mantiveram-se estáveis sendo que num centro comercial ``prime`` situou-se nos 75 euros por metro quadrado por mês, numa área média de 100 metros quadrados. No caso dos retail parks esse valor foi de 12 euros por metro quadrado.

Fonte: Jornal de Negócios




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close