Lisboa é a 33ª localização de escritórios mais cara do mundo

19 Fevereiro 2008



Lisboa é a 33ª localização de escritórios mais cara do mundo, segundo o estudo Office Space Across the World 2008, publicado pela Cushman & Wakefield (C&W).


De acordo com a consultora, a capital portuguesa desceu quatro posições no ranking deste ano. No entanto, os responsáveis da C&W afirmam que «2007 foi um ano muito positivo para o mercado de Lisboa, tendo-se atingido um nível de ocupação histórico acima dos 200.000 m², um declínio na taxa de desocupação e aumento da renda prime para os 21 ? /mês /m²».
Em relação ao comportamento do mercado lisboeta neste ano, Carlos Oliveira, Partner e director do departamento de escritórios da C&W Portugal, afirma que «face à instabilidade que se verificou no mercado no último trimestre, em parte devido á crise do subprime nos Estados Unidos, prevê-se uma consolidação do mercado de escritórios, com manutenção dos níveis médios de absorção e uma possível subida dos valores médios de mercado». Segundo este documento, no último ano as dez localizações de escritórios mais caras do mundo registaram subidas do valor de rendas na ordem dos 40%. A capital inglesa, Londres, continua a ser a cidade mais cara, sendo o custo total de ocupação de um metro quadrado de escritórios prime na zona West End, de aproximadamente 2.277 euros / ano.

Fonte: Vida Imobiliária




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close