Executivo reduz apoio ao arrendamento jovem

7 Maio 2007



O Governo português vai reduzir o valor e a duração do apoio ao arrendamento jovem.


As taxas de financiamento propostas no programa de apoio Porta 65, que substituiu o Incentivo ao Arrendamento por Jovens (IAJ), vão ser menores, bem como o período de apoio, que vai ser inferir ao que actualmente vigora. De acordo com informações avançadas pelo Diário de Notícias, as taxas de financiamento descem para menos de metade e a duração do apoio irá cair de um máximo de cinco para três anos.

Recorde-se que o programa actualmente em vigor beneficia cerca de 25.000 jovens, suportando 75% da renda até um máximo de 50 euros (para os rendimentos mais altos) ou 250 euros (para os mais baixos). O novo programa, Porta 65, vai reduzir esta taxa de financiamento para um intervalo entre 30% e 50%, consoante os rendimentos declarados pelos candidatos, no primeiro ano. Nos anos seguintes, esse apoio diminui para um intervalo entre 15 a 30%, e no terceiro ano passa a ser entre 7,5% e 20%.

Fonte: Vida Imobiliária




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close