Arrendamento mais procurado em Maio

22 Junho 2010



Maio ficará ligado ao anúncio da subida de impostos e grandes medidas de austeridade para os próximos anos. Com a recuperação económica mais longe, a banca sobe os spreads e aumenta as exigências na concessão de crédito. Neste cenário


No mês de Maio, o Portal Casa Sapo sentiu a onda de choque das medidas anunciadas pelo governo e a reacção das instituições financeiras. Com a incerteza a instalar-se de forma geral na economia nacional, a procura de casa ficou em suspenso durante várias semanas, descendo o número de visitas em 2%, relativamente ao mês de Abril. Ainda assim, as visitas ao portal em Maio ainda cresceram 1% relativamente ao mesmo mês do ano anterior.

De grande interesse é a inversão do objectivo da pesquisa entre utilizadores que querem comprar ou arrendar um imóvel. Em Maio, a procura de casa para compra desceu 5%, comparativamente a Abril e a procura de imóveis para arrendamento cresceu exactamente 5% no mesmo período.

Esta inversão directa no objectivo de pesquisa está de acordo com a nova realidade de 2010: por um lado, menos crédito e mais caro limita a aquisição de imóveis e, por outro lado, a incerteza geral leva a procurar soluções com um compromisso de curto ou médio prazo.

O efeito conjugado destes factores provocou a diminuição de contactos gerados para potenciais negócios, diminuindo 4% relativamente a Abril. Comparativamente ao mesmo período do ano passado, no entanto, não há uma diminuição significativa do número de contactos gerados pelo portal, apenas uma variação de -0,2%, o que não deixa de ser reconfortante.

Fonte: Casa Sapo






Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close