Juro da Prestação da casa em queda há 15 meses

28 Abril 2010



A taxa de juro implícita no crédito à habitação voltou a descer em Março, embora a um ritmo menos acentuado, fixando-se no nível mais baixo de sempre de 1,837%.


Esta tendência de queda, que se verifica desde o final de 2008, é explicada sobretudo pela descida continuada das taxas Euribor, que influenciam directamente o valor da prestação da casa paga pelas famílias.

Segundo dados do INE, a taxa de juro do crédito à habitação baixou no mês passado para o mínimo recorde de 1,837%. Isto significa que os juros dos empréstimos para compra de casa estão em queda há 15 meses.

Também o valor médio da prestação, em Portugal, atingiu um novo mínimo, de 250 euros em Março. Face a Dezembro de 2008, o valor pago actualmente é menor em 119 euros.

Segundo o mesmo relatório, nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro baixou no mês passado para 2,018%, enquanto nos contratos firmados nos últimos seis e doze meses, os juros desceram para 1,981% e 1,906%, respectivamente.

Em Março, o valor médio do capital em dívida dos contratos de crédito à habitação em vigor totalizou 56,2 mil euros, mais 112 euros que em Fevereiro.

Fonte: Económico






Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close