Maior unidade solar do mundo está a caminho

10 Setembro 2009



China e First Solar estão unidas no desenvolvimento do projecto


A China acordou com a empresa norte-americana First Solar a criação de uma fábrica de energia solar na região da Mongolia Interior com uma potência de 2 mil megawatts, o que representa o maior projecto solar realizado até agora em todo o mundo, segundo fontes oficiais chineses, escreve o jornal espanhol «Expansión». Segundo as mesmas fontes, a unidade solar terá uma capacidade de geração de energia equivalente a uma potência combinada de dois reactores nucleares e ficará situada nos arredores da localidade de Erdos, a norte do país. As obras começarão em Julho de 2010 e estima-se que a fábrica esteja terminada no ano de 2019. Os painéis solares ocuparão mais de 65 quilómetros quadrados e, com a sua produção, podem alimentar quase dois milhões de lares num país desenvolvido. A China prevê investir cerca de 202 mil milhões de euros em energias alternativas até 2020, segundo números da Comissão Nacional para a Reforma e Desenvolvimento (NRDC). Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close