Custos com construção de casas em Portugal em queda

12 Agosto 2009



Está mais barato construir casas em Portugal. De acordo com o boletim informativo do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgado esta semana, o índice de custos de construção de habitação nova que mede a evolução do custo de con


O INE explica que esta variação negativa é sobretudo reflexo da evolução «mais negativa da componente de Materiais (variação homóloga de -8,7%), visto que a componente de Mão-de-Obra registou uma variação positiva de 3,8%».

No que respeita ao tipo de construção, a diminuição mais significativa nos custos verificou-se nos Apartamentos (-2,5%), seguindo-se as Moradias (-1,8%). Estes números representam «diminuições de 1,3 p.p. e de 0,7 p.p., respectivamente, em relação às taxas observadas no mês anterior».

Recorde-se que este abrandamento nos custos tem vindo a acentuar-se nos últimos meses. De acordo com os números do INE, em Fevereiro o índice de custos de construção de habitação nova registou «um crescimento de 1,7% face ao mesmo período de 2008, 1,0 p.p. inferior ao verificado em Janeiro». Este comportamento, explicava o instituto, foi influenciado, à semelhança do que conclui o relatório agora divulgado, «pela redução registada na componente Materiais, de 2,2 p.p. face a Janeiro, enquanto a componente Mão-de-Obra registou uma variação idêntica à do mês anterior. As taxas de variação homóloga destas duas componentes fixaram-se em -1,2% e em 4,3%, respectivamente».

Também no que se referia ao tipo de construção, «as taxas de variação homóloga dos índices relativos a Apartamentos e a Moradias foram de 1,8% e de 1,6%, respectivamente, traduzindo diminuições de 1,2 p.p. e de 0,8 p.p., em relação ao observado no mês anterior». Fonte : Casa Sapo  




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close