Licenças de construção diminuem 60%

24 Junho 2009



Nos primeiros quatro meses do corrente ano, o número de novos fogos licenciados caiu 59,7% no Algarve, em comparação com idêntico período de 2008, segundo revela a Associação de Empresas de Construção, Obras Públicas e Serviços (AECOPS


De acordo com a análise de conjuntura da AECOPS, a região algarvia é a que regista uma maior quebra de produção no mercado residencial a nível nacional, sendo seguida pela zona de Lisboa. O Algarve surge também em primeiro no crescimento do número de desempregados, atingindo, até Abril, os 205 por cento, enquanto a média do País é de 74,5%. Para a AECOPS, ``o aumento do desemprego, três vezes superior à média nacional, reflecte que a crise nesta região assume proporções preocupantes``. E a associação acrescenta que, em termos concretos, esta realidade abrangia, até finais de Abril, ``mais de 3400 trabalhadores``.   Fonte: Correio da Manhã




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close