Produção do sector da Construção mantém contracção

25 Maio 2009



Em Abril, o Índice de Produção FEPICOP do sector da Construção apresentou uma variação negativa de 3,9% em termos homólogos.


Segundo o relatório de Conjuntura da Construção de Maio, da FEPICOP, para este decréscimo «contribuiu a manutenção das fortes quebras de produção ao nível do segmento residencial, bem como um abrandamento do ritmo de crescimento do segmento dos edifícios não residenciais privados e da engenharia civil».
De acordo com o mesmo documento, o abrandamento do ritmo de produção das empresas tem sido motivado pelo «adiamento das decisões de investimento, quer por parte dos investidores privados, quer dos públicos, em resultado da evolução decepcionante da economia».
Segundo a FEPICOP, o segmento dos edifícios residenciais «continua a apresentar quebras sucessivas na produção», tendo acumulado, nos primeiros quatro meses de 2008, uma redução de 9,2% face a igual período do ano anterior. Fonte: Casa Sapo




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close