ICI mantém percurso de variações negativas mensais iniciado em Outubro

25 Maio 2009



Habitaçã desvalorização abranda ligeiramente O Índice Confidencial Imobiliário (ICI) para o mês de Março revelou um ligeiro abrandamento no ritmo de desvalorização mensal da habitação em Portugal, embora mantenha o percurso de varia


Em Março, o ICI apresentou uma desvalorização mensal de -0,1%, ligeiramente abaixo dos -0,2% registados em Fevereiro.
Em termos médios anuais, apesar de continuar a valorizar, o ICI apresentou uma variação de 4%, cerca de 20 pontos base abaixo dos 4,2% de variação média anual observada no mês anterior.
Já a variação homóloga em Março, foi a mais baixa desde Agosto de 2007, ficando-se pelos 1,1%.
Os novos fogos apresentam uma queda importante face ao mês anterior e na variação mensal este segmento registou um abrandamento da desvalorização em Março (para os -0,3%, contra -0,4% em Fevereiro), mantendo-se, na variação média anual, estável nos 5,8%.
O ICI para o Algarve apresenta uma desvalorização mensal bastante mais acentuada do que no total do Continente, com quedas de -2,0% em Março.
Na Região Norte (excluindo a Área Metropolitana do Porto), o ICI apresentou uma variação mensal negativa de -2,0%, a mais baixa desde Janeiro de 2008.
Na Região Centro, a variação mensal apresentou uma recuperação face ao mês anterior, cifrando-se em 0,3%.
O Índice Confidencial Imobiliário é a mais longa série sobre imobiliário em Portugal e o seu início remonta a Janeiro de 1988. O ICI utiliza como amostra a base de dados do site imobiliário LardoceLar.com, que reúne a oferta de mais de 400 mil fogos de 1700 empresas de mediação e promoção imobiliária. Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close