Fundos Especiais de Investimento Imobiliário continuam a crescer em Portugal

21 Outubro 2008



Os Fundos Especiais de Investimento Imobiliário (FEII) continuam a ganhar margem no mercado nacional. Conforme os últimos dados divulgados pela CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários), em Setembro de 2008 o valor sob gestão d


De acordo com a mesma fonte, em Setembro foram contabilizados 226 fundos em actividade, dos quais 211 fechados. Estes últimos representam 59,4 % do valor total gerido pelo sector. Foram constituídos dois novos fundos; um fundo de investimento imobiliário fechado, o Lapa Private, gerido pela ESAF e um fundo especial de investimento imobiliário fechado, o Inspirar, sob gestão da Invest Gestão de Activos. Em Setembro, o valor dos bens imóveis localizados em Estados da União Europeia era de 12.095 milhões de euros, o que traduzia uma variação mensal positiva de 0,4%. No entanto, o investimento em bens imóveis localizados fora da União Europeia não alterou o seu carácter residual. Durante o mês passado, a Fundimo foi a sociedade gestora detentora da maior quota de mercado (12,8%), seguida pela ESAF (11%) e pela Interfundos (10,5%). Estas três sociedades geriam 34,3% do património imobiliário detido por fundos, traduzindo um menor grau de concentração relativamente ao verificado no anterior mês de Agosto. O valor administrado pelos 10 maiores fundos representava, no mês de Setembro, 40,9% do valor total gerido pelo sector

Fonte: Vida Económica




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close