CGD: central solar térmica permite poupar consumo anual de 2 mil habitantes

16 Setembro 2008



Foi inaugurada esta segunda-feira a maior central solar térmica da Europa, no edifício sede da Caixa Geral de Depósitos (CGD).


O projecto, que foi feito em parceria com a EDP, conta com um investimento de 1.250 mil euros e vai permitir uma poupança de electricidade equivalente ao consumo anual de 2 mil habitantes.
O presidente da CGD, Faria de Oliveira, sente-se orgulhoso pela iniciativa e garante que o banco «não pode deixar de seguir programas de sustentabilidade como este».
Este projecto vai permitir instalar 1.600 metros quadrados de colectores solares térmicos com uma produção de 650 megawatt (MWh).
A poupança anual estimada é de 1.200 MWh, sendo 3% do consumo anual do edifício sede. Já 370 MWH destina-se a ganhos de eficiência para reconversão tecnológica, 500 MWh à produção de energia para o sistema de AVAC e os restantes 470 MWh para a produção de águas quentes para as instalações sanitárias.
Para o ministro da economia, Manuel Pinho, o futuro passa pela inovação, energia e ambiente, por isso garante ser «necessário um esforço maior dos portugueses, no que diz respeito à eficiência energética», rematou, recordando ainda que Portugal está entre os 5 países mais avançados ao nível das renováveis.
 
Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close