Crédito: Malparado na habitação cai em Junho, pela 1ª vez este ano

25 Agosto 2008



O volume de crédito de cobrança duvidosa no conjunto dos empréstimos à habitação contratado no sector bancário caiu em Junho, pela primeira vez este ano, apesar do aumento no montante emprestado pelas instituições financeiras, revela o


Em contrapartida, o crédito de cobrança duvidosa subiu nos outros dois segmentos do crédito bancário (consumo; outros fins), fazendo aumentar o total do malparado para 2,609 mil milhões de euros, mais 15 milhões face ao valor total de Maio e uma subida superior a 18% face aos valores de Junho de 2007.
No final de Junho o crédito total concedido a particulares na banca portuguesa ascendia a 132 459 milhões de euros (131 602 milhões em Maio). De acordo com o documento do BdP, o volume total de crédito concedido para habitação ascendeu 104,92 mil milhões de euros (104 257 mil M? em Maio), enquanto o montante classificado como sendo de cobrança duvidosa totalizou 1 395 milhões, menos 0,65% face ao valor de Maio. A variação traduz a primeira descida do mal parado desde Janeiro deste ano e reflecte a melhoria da eficiência da banca no tratamento da morosidade.

Fonte: Vida Imobiliária




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close