Taxas de juro no crédito à habitação sobem em Outubro

28 Novembro 2007



Dados do INE apontam para taxa de 5,311%.


As taxas de juro implícitas aos contratos de crédito à habitação fixaram-se nos 5,311 por cento em Outubro, valor que aponta para uma subida de 0,077 pontos percentuais (p.p.) face ao mês anterior.
Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa implícita nos contratos celebrados nos últimos três meses aumentou 0,054 p.p., fixando-se em 4,961%. Já o valor médio por contrato do capital em dívida apresentou uma subida mensal de 153 euros e a prestação vencida situou-se em 336 euros.
Ainda de acordo com o INE, «verificou-se a diminuição da taxa de juro implícita na aquisição de terreno para construção de habitação (-0,195 p.p.) e na construção de habitação (menos 0,048%), tendo aumentado na aquisição de habitação (0,059%)».
Fonte: Agência Financeira




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close