Mais um milhão de m2 de centros comerciais abrem até 2009

15 Novembro 2007



Os centros comerciais em construção, com abertura prevista até 2009, deverão aumentar a oferta actualmente existente em Portugal em cerca de um milhão de metros quadrados.


Os dados foram revelados esta terça-feira pela consultora CB Richard Ellis, avança a «Lusa».
De acordo com o boletim do mercado de retalho português do terceiro trimestre de 2007 da consultora norte-americana, actualmente a oferta de conjuntos comerciais em Portugal situa-se nos 2,5 metros quadrados.
Segundo a CB Richard Ellis, o mercado de retalho em Portugal continua a ser dominado por centros comerciais, que se encontram concentrados, maioritariamente, nos grandes centros urbanos da Grande Lisboa e do Grande Porto.
Nos últimos tempos porém, acrescenta, «tem-se assistido a uma maior diversificação para outros formatos, nomeadamente Retail Parks, bem como, a uma maior dispersão geográfica para outras localidades do país».
O investimento no mercado imobiliário de retalho acelerou em relação ao período homólogo de 2006, conclui o boletim, referindo que esta tendência revela «o facto do mercado de retalho continuar a ser o que apresenta maior retorno total do capital investido».
O mercado de retalho apresentou um retorno total de capital investido de 15,9% e uma valorização de capital de 8,9%, mantendo-se o segmento líder em termos de rentabilidade no mercado imobiliário.
A taxa de capitalização líquida «prime» decresceu, em linha com o mercado europeu, dos 5,75% no final de 2006 para os 5% ao longo dos primeiros três trimestres de 2007, enquanto que o valor da renda «prime» subiu, acrescenta.

Fonte: Vida Imobiliária




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close