Mercado de escritórios de Lisboa com crescimento «estável e sustentado»

8 Outubro 2007



Evidenciando «um crescimento estável e sustentado», o mercado de escritórios de Lisboa registou um aumento de transacções de arrendamento no primeiro semestre de 2007, «potenciando a construção de edifícios novos nos próximos anos».


Estas são as principais conclusões do relatório do mercado de escritórios ibérico, recentemente divulgado pela Worx.
Segundo o documento, nos primeiros seis meses de 2007 entraram em stock mais 30.600 m² de novos espaços de escritórios stock, um valor bem mais baixo que os 52.178 m² registados no período homólogo. Actualmente, o stock total de escritórios de Lisboa situa-se nos 4.144.063 m², estando prevista a entrada, até ao final de 2008, de aproximadamente mais 162.000 m² de novos espaços de escritórios, 50 % dos quais «estão com perspectivas de pré-arrendamento», refere a consultora. Os vários projectos anunciados pelos promotores até ao final de 2010 contabilizam aproximadamente 220.000 m² de novos espaços. No primeiro semestre, foram absorvidos 109.734 m² de escritórios no mercado lisboeta, um valor bastante superior aos 84.000 m² de escritórios que foram absorvidos no primeiro semestre de 2006. De acordo com este documento, a vacancy rate do mercado de escritórios de Lisboa «tende a aproximar-se dos outros mercados europeus», sendo visível uma descida nos últimos anos. No que diz respeito ao valor das rendas, a Worx prevê uma «ligeira subida» ainda em 2007.

Fonte: Vida Imobiliária




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close