Novo regime de urbanização entra em vigor em Março

10 Setembro 2007



Dentro de seis meses, o novo regime de urbanização, que altera as regras jurídicas de urbanização e edificação aprovadas no quadro do Programa Simplex, vai entrar em vigor.


A partir de Março próximo fazer obras no interior de um edifício, sem com isso alterar a sua estrutura, bem como pequenos trabalhos de reparação de fachada e pequenas obras de conservação, já não precisam de licença camarária, sendo que, em alguns casos será necessário uma comunicação prévia.
Segundo a Agência Lusa, o novo regime jurídico de urbanização, que já foi publicado em Diário da República, vai tornar os processos mais ágeis mas a responsabilização dos técnicos e empresas de construção também vão ser maiores.
Neste novo diploma, as vistorias deixam de ser obrigatórias, excluindo no caso em que o técnico da obra não assuma a responsabilidade pela mesma. Nestas situações, a autarquia tem 15 dias para fazer a fiscalização, findo esse período o projecto fica automaticamente aprovado.
No mesmo âmbito, vai ainda ser criada uma nova figura, «o gestor do procedimento», que terá a responsabilidade de acompanhar o processo, assegurando o cumprimento dos prazos e informando os interessados sobre o decorrer de cada um. O Estado vai ainda avançar para a informatização dos processos, levando a que todos os requerimentos possam ser preenchidos e entregues via Internet.

Fonte: Casa Sapo




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close