Taxa de Juro no crédito à habitação manteve tendência de subida em Julho

3 Setembro 2007



Em Julho de 2007, a taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se em 5,101 %, o que representa um crescimento de 0,050 % face ao mês anterior, mantendo a tendência de subida


De acordo com os últimos dados divulgados pelo INE (Instituto Nacional de Estatística) relativos às taxas de juro implícitas no crédito à habitação, a taxa implícita nos contratos celebrados nos últimos três meses aumentou 0,077 %, fixando-se em 4,720%.
No mês em análise, o valor médio do capital em dívida no total dos contratos de crédito à habitação em vigor foi de 51.607 euros por contrato, traduzindo uma subida mensal de 209 euros. Por seu turno, o valor médio da prestação vencida, em contratos celebrados nos últimos três meses, fixou-se em 430 euros, o que corresponde a um crescimento de 10 euros em relação a Junho de 2007, ficando este valor bem acima do valor médio do conjunto dos contratos em vigor, que foi de 327 euros, informa o INE.

Fonte: Vida Imobiliária




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close