Custos de construção sobem

31 Julho 2007



Em Portugal Continental, os custos de construção de habitação registaram uma subida, de acordo com a análise divulgada pelo INE, em Julho.


Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), o índice de custos de construção nova e o de preços de manutenção e reparação de habitações subiram não só em termos homólogos, mas também relativamente a Abril último.
O aumento homólogo dos custos de construção de habitação foi de 3,7 por cento e face a Abril deste ano de 0,5 pontos percentuais, enquanto no que respeita aos preços de manutenção e reparação, os acréscimos foram de 3,3 por cento e de 0,3 pontos percentuais, respectivamente.
A subida do índice de custos de construção nova ficou a dever-se quer à componente de mão de obra (+3,7 por cento face a Maio de 2006 e +0,3 pontos percentuais face a Abril de 2007, quer à de materiais (+3,8 por cento e + 0,9 pontos percentuais, respectivamente).
No que concerne aos preços de manutenção e reparação de casas, os aumentos verificados foram determinados, de acordo com o INE, ``por andamentos no mesmo sentido das duas componentes``: de serviços (+2,4 por cento em termos homólogos e +0,3 pontos percentuais face a Abril último) e de produtos (+4,8 por cento e +0,5 pontos percentuais, respectivamente). A variação do índice de preços foi menos notória no Alentejo, enquanto no Norte do País superou mesmo a média do Continente, fixando-se em +3,9 por cento.

Fonte: AECOPS - Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close