Ingleses e irlandeses fortes na procura de projectos de turismo residencial

28 Junho 2007



Portugal tem em desenvolvimento 47 novos projectos de resorts, dos quais 23 estão classificados como Projectos de Potencial Interesse Nacional (PIN), envolvendo investimentos da ordem dos oito mil milhões de euros. Ingleses e irlandesa


O mercado anglo-saxónico éum dos principais investidores do turismo residencial em Portugal, uma área que continua com ?um considerável potencial de expansão?, de acordo com Carlos Moedas, director geral da Aguirre Newman, a consultora que elaborou um estudo sobre o sector em Lisboa.
No mercado estão para arrancar ou em fase de concretização, 22 projectos, embora exista mais do dobro em desenvolvimento. O Algarve absorve a maior parte destes projectos (14), seguindo-se a Costa de Prata, a Costa Azul e o Alentejo. S projectos PIN vão gerar 31 mil novos postos de trabalho.
O mercado de resorts turísticos e de segunda habitação em Portugal apresenta ?um crescimento exponencial, quer em qualidade quer em quantidade?, segundo o estudo. O Governo considerou o turismo residencial como um dos produtos turísticos principais no seu Plano Estratégico Nacional para o Turismo, PENT.
A Aguirre estima que em Portugal existam 925 mil segundas residências, um número que compara com os 3,3 milhões deste tipo registadas em Espanha. Portugal tem 50 mil proprietários estrangeiros, contra 1,5 milhões em Espanha.

Fonte: Jornal Oje




Recomendar a um amigo

Use o seguinte formulário
close